O que você sabe sobre Big Data? Aprenda os principais conceitos!

Neste artigo decidimos contar um pouquinho do que é Big Data e o por que de ser um assunto que está cada vez mais em alta. 

Big data é a quantidade de dados estruturados e não-estruturados gerados diariamente no mundo. Esses dados podem ser analisados para obtenção de insights e podem vir a ajudar na tomada das melhores decisões para a empresa.

A importância do uso do big data não se dá apenas pela quantidade de dados gerados, mas o que você pode vir a fazer com essas informações. O Big Data Analytics ajudará a determinar as preferências e as necessidades dos consumidores.

Cruzar os dados e obter informações precisas sobre as características e expectativas do cliente e tendências de mercado pode ser a solução para o sucesso do seu negócio. 

Os 3vs de Big Data

Volume: Faz referência a dimensão incalculável de volume de dados advindos de diversas fontes. 

Variedade: O banco de dados relacional é o modelo utilizado para o armazenamento dos dados de acordo com estrutura, tamanho, sequências e tipos. As informações são armazenadas em formato de tabela, de acordo com as definições estabelecidas.

Velocidade: Tem relação com a velocidade com que os dados são coletados, analisados e utilizados. Também é levado em consideração a velocidade que os dados são gerados.

Alguns profissionais, ainda consideram mais dois Vs como importantes para o Big Data, são eles:

Veracidade: Por meio do uso de tecnologias específicas, é possível filtrar as informações corretas das incorretas. Esse é um ponto importante visto que há cada vez mais conteúdo falso nas redes sociais.

Valor: Uma grande quantidade de dados não significa nada se ela não puder gerar um valor. É necessário levar em conta os benefícios e custos, além de agregar um valor ao trabalho realizado.

Tipos de Big Data

Existem três tipos: social data, enterprise data, personal data ou data of things e agora vamos explicar cada um deles.

Social data: são dados gerados a partir das interações que as pessoas tem em, sua maioria, nas redes sociais. Definem comportamentos. 

Enterprise data: são dados gerados pelas organizações em setores como RH, financeiro.  Podem identificar a produção e os problemas.

Personal data ou data of things: são dados gerados a partir dos dispositivos conectados com a internet, como TV, geladeiras, carros.

Business Intelligence

É um conjunto de processos que utilizam as coleta dos dados, as análises, entre outros para tomar as melhores decisões e decidir se os investimentos estão sendo feitos corretamente. 

Business Analytics

Utilização de dados selecionados para realizar a previsão de resultados, indicando melhorias nos processos das empresas por meio de algoritmos análiticos avançados.

Visual Analytics

É uma forma de análise de dados, onde os gráficos interativos são utilizados para gerar insights e resultados análiticos. 

Internet das Coisas

O conceito diz respeito a conexão de diversos objetos com a internet. Esses objetos quando combinados com sistemas automatizados ajudam na coleta de informações em tempo real, além de analisá-las e criar respostas de acordo com a necessidade.

Integração e governança de dados para BI

Consiste no gerenciamento de forma consciente e responsável dos dados de uma empresa. Em outras palavras, é a criação de regras para o consumo, uso e reuso dos dados. Estes processos servem tanto para baixo, médio e alto volume de dados. 

O que é cientista de dados?

É uma carreira em plena ascensão. Analisar, processar e compreender os dados são algumas das características necessárias para quem quer entrar nessa profissão.

O cientista de dados precisa saber contar histórias! Além de reunir os dados, é preciso analisá-los e juntá-los de forma coerente, com começo, meio e fim.

Ferramentas de BI que valem a pena conhecer

Listamos algumas das principais ferramentas de BI no mercado para auxiliar no seu negócio:

Tableau: Oferece recursos para analisar e prever tendências e oportunidades.

Microsoft Power BI: Possibilita a conexão com centenas de fontes de dados por meio de dashboards e relatórios de fácil compreensão.

Qlik: Oferece ferramentas de Business Intelligence. As principais são: QlikView (para descoberta de dados – uma versão mais simples) e QlikSense (para o processamento de linguagem natural – uma versão mais complexa).

Como os dados são gerados?

Dados gerados por humanos: são aqueles em que foram gerados a partir do pensamento de alguém, a propriedade intelectual está ligada ao dado. Podem vir de mídias sociais (comentários, curtidas, compartilhamentos e posts), sites colaborativos, e-commerces (para recomendação de produtos e serviços), blogs.  

Dados gerados por máquinas: são aqueles em que foram gerados a partir de processos computacionais, sem necessitar, explicitamente da intervenção humana. Podem vir de registros de logs (visitas em páginas de web, cliques em links), internet das coisas (sensores, atuadores, wearables).

De onde os dados coletados vem? 

E-mails: por meio de sistemas e ferramentas na internet que enviam no seu e-mail arquivos que contém dados organizados. Podem estar na forma de pdf, anexos xls ou até no corpo do e-mail.

Redes sociais: são redes infindáveis de dados e que bem trabalhados tornam-se informações valiosas. Nesse caso, você estará trabalhando com dados não estruturados.

Open data: é cada vez mais fácil encontrar sites onde são disponibilizados dados facilmente. Neste caso a maioria dessas informações vem de portais de transparência criados pelo governo, oferecendo dados sobre saúde, finanças, investimentos.

Sistemas Web: ferramentas como Google Ads, Facebook Ads, RD Station são algumas fontes de dados que você poderia explorar e por que? A grande maioria dos seus clientes está ali! São informações que certamente merecem uma atenção e um tempo de análise.

Planilhas de Excel: utilizado constantemente em empresas, o Excel é uma fonte importante para o cruzamento de dados.

Conclusão

Agora você conhece os principais conceitos de Big Data! O segundo passo é compreender a importância da utilização e análise dos dados gerados pelo seu negócio.

A implantação de ferramentas capazes de analisar as informações e produzir relatórios completos a partir delas é parte fundamental para o crescimento de uma empresa, visto que o mundo digital vive em contínua expansão e produção de dados.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *