Como o Google Ads e Facebook Ads funcionam? Conheça as diferenças!

Como o Google Ads e Facebook Ads funcionam? Conheça as diferenças!

Em meio a tantas ferramentas do mundo de marketing digital, fica difícil saber qual usar, como elas funcionam e o quanto precisa ser investido. Por isso, montamos esse artigo para você. Vamos desmistificar as duas plataformas mais utilizadas nos dias de hoje para campanhas de marketing digital: Google Ads e Facebook Ads.

No primeiro momento, a quantidade de procedimentos para criar e divulgar um produto (ou serviço) parece grande. Mas, na verdade, essas ferramentas foram feitas para serem usadas por todos. Então essa é a hora de você dar o seu primeiro passo e começar a usá-las!

O artigo abaixo vai te ajudar nos primeiros passos. Confira agora! 

Google Ads: principais características

O Google Ads é o serviço criado pelo Google desenvolvido especialmente para exibir anúncios em formato de links patrocinados. Isso significa, que quando fizer uma campanha seus produtos (ou serviços) irão aparecer em posições de destaque  nos resultados de pesquisa.

Esse formato exibe seus anúncios de acordo com as palavras-chave pesquisadas. Por exemplo, vamos imaginar que sua companhia seja do setor de comunicação, se alguém procurar pelo termo “assessoria de imprensa” e você estiver investindo nessa palavra-chave, provavelmente seu anúncio irá aparecer. 

Por ser uma ferramenta passiva, o Google Ads, depende que haja pessoas interessadas buscando termos relacionados a seu produto ou serviço. Sendo assim, ele funciona muito bem para produtos que já são conhecidos (e buscados) pelos clientes. Mas pode não ser a melhor escolha para produtos que sejam disruptivos no mercado ou inovadores (e portanto não têm tantas buscas).

Como começar a usar?

Antes de mais nada, é preciso criar uma conta na ferramenta. Para isso, é necessário acessar esse site e seguir as instruções.

Com uma conta criada, você precisa ter em mente os objetivos estratégicos do seu negócio. Saber quanto será possível investir e qual forma de anúncio você planeja utilizar. Todos esses aspectos são importantes para uma campanha de sucesso!

Definir as palavras-chave é tão essencial quanto definir orçamento e estratégias, pois afinal, é assim que você irá conseguir atingir seu público-alvo. No início, escolher palavras diretamente relacionadas com seu produto ou serviço é o melhor  ponto de partida. 

Além disso, programe-se para não consumir todo o seu orçamento nos primeiros dias de campanha, pois a ferramenta vai aprendendo com o tempo e os resultados tendem a melhorar. 

Concorrência 

Saber o que seus concorrentes estão fazendo pode ser uma boa alternativa para melhorar a performance dos seus anúncios. Existem alguns sites que lhe ajudarão a ter uma noção do que a concorrência está fazendo. Dentre as opções no mercado, uma das mais utilizadas é o SEMRush, uma ferramenta paga e que oferece alguns serviços de forma gratuita. 

Com apenas alguns cliques, você irá saber quais as palavras-chave seus adversários estão usando tanto na lista orgânica quanto na paga (lista de pesquisas). Além disso, é possível dar uma olhada nas palavras que estão gerando mais cliques e ter um panorama geral do seu site. Vale a pena conhecer!

Facebook Ads: principais características 

Uma das principais ferramentas do marketing digital é o Facebook Ads, feita para promover campanhas dentro dessa rede social. Como todos provavelmente sabem, o Instagram pertence ao Facebook. Portanto, o Facebook Ads também é a ferramenta para as pessoas que desejam anunciar no Insta. Existem diversos tipos de campanha que podem se adequar aos seus objetivos de negócios (brand awareness, geração de leads, downloads de apps e etc).

Um dos atrativos está no fato de oferecer diferentes opções de segmentação. Isso significa que você poderá escolher o público-alvo ideal para sua empresa! Interessante, não é?

Isso só acontece porque o Facebook Ads é uma ferramenta ativa, ou seja, ela identifica e divulga para uma determinada audiência baseada nos seus interesses e perfil de consumo. Seguindo o exemplo que demos no início do artigo (você sendo dono de uma agência), as pessoas interessadas em serviços de comunicação e/ou profissionais da área seriam o público-alvo a ser atingido. 

A ideia é que você consiga, por meio de campanhas, atrair potenciais clientes (que se interessam por seus produtos mas não buscam por conta própria) e realizar mais vendas.  Além disso, é possível oferecer ao consumidor conteúdos valiosos que o manterão interessados em seu produto ou serviço por mais tempo.

Como começar a usar?

O primeiro passo é criar uma conta de anúncios! Caso, você tenha dúvidas em como criar, acesse essa página elaborada pelo fabricante com o passo a passo para o processo. Com uma conta aberta, é preciso definir alguns aspectos relevantes para a construção de uma campanha perfeita para sua empresa.

O principal ponto a ser definido é quanto você deseja investir! No começo, para não gastar todo o seu orçamento em um dia, seja mais conservador. Por isso, comece investindo com pequenos valores como por exemplo, R$5 por dia. Ao perceber um retorno positivo, talvez seja hora de aumentar os investimentos.

Concorrência 

Pensando em otimizar suas campanhas, é válido conferir o que seus competidores estão fazendo. Seus concorrentes provavelmente vendem para a mesma persona e possuem uma solução similar a sua, então descobrir o que tem funcionado para eles ou não, vai facilitar bastante a criação das suas campanhas.

O Facebook permite que os usuários consigam ver as publicações que uma página está patrocinando. Para visualizar, basta ir na página e clicar em publicações.  Assim, você conseguirá acelerar o seu processo de aprendizado partindo do que tem dado certo para eles.

Como escolher a melhor ferramenta para mim 

Vimos no artigo as principais diferenças entre Google Ads e Facebook Ads! Elas funcionam de forma complementar, isso significa que as estratégias da sua empresa não precisam depender exclusivamente de uma delas. Tudo isso é parte de uma estratégia de marketing digital bem desenhada, em que há a preocupação de atingir os clientes em diferentes meios e formas.

Vamos exemplificar: se você possui uma startup e oferece um serviço inovador, mas não sabe como atingir o público ou o serviço não tem muitas buscas, uma boa opção é utilizar o Facebook Ads. Pois, você poderá criar um anúncio para explicar os benefícios e utilidades do seu produto/serviço.

Se você pretende anunciar um site para venda de livros usados, uma boa alternativa é usar o Google Ads. Pois, além de ser um sistema que trará um resultado mais rápido, é também uma ferramenta que irá identificar que seu público-alvo é formado por pessoas interessadas em comprar esse produto. 

Apresentamos duas das plataformas mais utilizadas hoje em dia no marketing digital! E agora você compreendeu os benefícios de usar cada uma! Quer saber mais sobre essas ferramentas? Veja como selecionar o público-alvo no Facebook e como selecionar as palavras-chave do Google Ads. 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Voltar ao Topo