Quais as Diferenças entre Marketing Tradicional e Digital? Aprenda!

Quais as Diferenças entre Marketing Tradicional e Digital? Aprenda!

O marketing tradicional surgiu nos anos 40. Uma época em que as empresas estavam entendendo que seria possível divulgar seus anúncios em diversos meios de comunicação como a TV ou o rádio.

O tempo passou, a TV superou as outras mídias da época e mostrou que as empresas teriam que investir alto para lucrar. Dentre todos os veículos de comunicação, as campanhas feitas para televisão eram as mais caras.

Foi somente algumas décadas depois que, nos anos 90, a internet começou a ganhar espaço na vida das pessoas e nas propagandas, deixando de ser utilizada somente para fins militares e industriais.

Um novo cenário de marketing

A era online trouxe um novo panorama para a divulgação dos anúncios de corporações, assim como trouxe mudanças na dinâmica da relação entre empresas e consumidores. Para facilitar esse processo, surgiu o marketing digital. Uma prática que reúne estratégias feitas especialmente para se adequar a essa nova realidade.

Para definir uma estratégia de marketing, é necessário conhecer as possibilidades existentes e qual é a melhor opção. Neste artigo, iremos explicar as principais diferenças entre marketing tradicional e digital. Vamos lá?

As diferenças entre marketing tradicional e digital

Agora que fizemos uma breve linha histórica do surgimento das estratégias de marketing, vamos listar algumas das principais diferenças entre ambas:

Canal de comunicação

O marketing tradicional baseia sua comunicação em canais off-line como: rádio, TV, revistas, flyers e outdoors.

Já o marketing digital consiste na comunicação que ocorre no mundo online: blogs, redes sociais e sites são usados para vender e/ou divulgar um produto, serviço ou empresa.

Perfil do consumidor

O modelo tradicional de fazer marketing sempre teve o seu foco no produto, o que por muitas vezes deixou de lado as necessidades do interessado. Nesse formato, o vendedor é quem detém as informações e cabe a ele fazer a comunicação com o consumidor.

Com a internet, as informações sobre os produtos estão mais disponíveis para os clientes, assim eles comparam as opções existentes no mercado e escolhem as que melhor se encaixam nas suas necessidades. Na outra ponta, as empresas perceberam essas necessidades e investiram em produtos pensados especialmente para esses públicos. Dessa forma, os clientes se tornaram o foco das empresas.

Comunicação unilateral e bilateral

No marketing tradicional, a comunicação é unilateral. Isto é, acontece da empresa para o usuário. Esse é um fator limitante, pois não permite que haja uma troca. Ou seja, nesse modelo só a entidade fala e o cliente ouve, impossibilitando uma relação mais próxima das companhias com os compradores ou uma resposta do cliente.

No marketing digital, a comunicação é recíproca. Clientes e instituições conseguem se comunicar de forma instantânea e direta. Nesse modelo, a marca tem a oportunidade de construir um relacionamento mais próximo com sua audiência.

Limitações geográficas e alcance mundial

Os canais de comunicação como flyers, revistas e outdoors impõem uma limitação geográfica ao marketing tradicional, porque esses conteúdos não conseguem chegar a todas as pessoas. O mundo digital reduziu as fronteiras, tanto geográficas como também nas relações de empresa-consumidores. Por exemplo, hoje é mais fácil uma corporação americana atingir seu público no Brasil do que era possível antigamente.

Mensuração dos resultados no tradicional e digital

O marketing digital permite a mensuração dos resultados em tempo real, isso significa que é possível ver quais ações estão trazendo bons resultados e quais precisam de atenção. Além disso, os usuários não encontraram dificuldades em detalhar as métricas, visto que hoje existem opções no mercado que permitem diferenciar as informações por campanhas específicas ou público-alvo.

Na outra ponta da balança, o marketing tradicional utiliza-se de meios que não são tão fáceis de mensurar, nem oferecem uma medição precisa. Veículos como TV ou rádio têm uma medição de audiência, mas esse número é apenas uma aproximação. Já jornais e revistas possuem números de tiragens e os outdoors se baseiam em uma estimativa de passantes. Mas estes não conseguem medir o engajamento real do público impactado.

Segmentação de campanhas

No marketing digital, é possível criar mensagens personalizadas e individualizadas para atingir diferentes tipos de público-alvo. O Google Ads e Facebook Ads, duas das principais ferramentas no mercado, oferecem uma segmentação bem específica de audiência.

A segmentação no digital permite alcançar públicos com características bem definidas como hábitos de consumo, sites preferidos, gostos. Dessa forma, as campanhas atingem audiências interessadas e que podem vir a comprar o produto ou serviço. Mais conhecido como o público-alvo.

No marketing tradicional a segmentação é bem menos precisa, por exemplo, se uma campanha for feita para atingir o público feminino, uma das opções para atingir essa audiência é veicular a publicidade em uma revista que também tem esse público-alvo. Entretanto, a campanha poderá ser vista por grupos que não estão no seu segmento. Isso se deve ao fato das revistas estarem próximas a uma diversidade de pessoas.

Divulgação da campanha

Uma das estratégias usadas no marketing digital, é o marketing de atração. Também conhecido como Inbound Marketing, ele consiste em uma técnica que visa atrair e educar o comprador até o último momento, com a venda. Esse método baseia-se na criação de conteúdos que interessem potenciais clientes.

No marketing tradicional, a divulgação dos anúncios acontece por diferentes meios. Como apresentado no início, os mais utilizados são TV, rádio, revistas, flyers e outdoors. Existem ainda outras opções:

Propaganda:  Espaço comprado pelas empresas para exibir o seu produto ou serviço. Sua exibição é variada e pode ser feita por meio de comerciais, com a inserção do produto em novelas e filmes ou no youtube.

Merchandising: Diz respeito a todas as divulgações feitas em um ponto físico com o intuito claro de fazer com que o cliente se interesse e compre o produto.

Investimentos

Para anunciar em televisores e rádios assim como em veículos de comunicação impressos (jornais e revistas), as empresas interessadas nesse tipo de propaganda precisam investir altos valores. A faixa de preços pode chegar a casa dos milhões por um anúncio de 30 segundos em horário nobre, de acordo com as tabelas de preços fornecidas pela emissora Globo.

Ao compararmos esses números com os custos para uma publicidade online, eles são, geralmente, menores e possibilitam que empresas de diferentes tamanhos invistam no mundo digital.

Velocidade de Produção 

Em questão de divulgação e produção, assim que uma peça ou texto é finalizada, sua disponibilização no meio online pode acontecer rapidamente. Além disso, o tempo de produção de um anúncio para a televisão é lento. Precisa agendar as gravações, definir valores e escolher o casting e diretores.

O Marketing Tradicional utiliza também flyers e folders como opções. Apesar de serem rápidos de produzir, precisa-se levar em conta os custos de impressão e o local de distribuição do material.

Qual opção escolher?

As duas estratégias apresentadas neste artigo podem ser utilizadas em conjunto ou ainda é possível trabalhar com apenas uma delas. O fato é, estamos em um momento em que as redes sociais nunca estiveram tão valorizadas. Por isso, aplicar um método baseado na divulgação de campanhas no mundo online é uma ótima opção para empresas e consequentemente, os consumidores também serão impactados positivamente.

Para concluir, as publicidades divulgadas nos canais off-line ainda têm um retorno positivo para as companhias, por isso muitas ainda utilizam essa estratégia. Entretanto, o marketing digital vem provando ser uma boa saída para empresas de todos os portes. Isso significa que independente do tamanho do seu negócio ou orçamento para marketing, você poderá aplicar métodos do universo online.

Quer saber como o marketing digital pode ajudá-lo a melhorar seus resultados? Visite nosso site: http://dmi.espm.br

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Voltar ao Topo